quinta-feira, 16 de abril de 2009


Vídeos: 3 razões para nunca se julgar um livro pela capa

A pequena Connie Talbot de apenas 6 anos cantando Somewhere over the Rainbow.



Paul Potts um ex-vendedor de celular que sonhava em cantar ópera. (o que mais me chama a atenção nesse vídeo é a expressão triste e o olhar vazio desse cara, não sei porque).


Se quiser o vídeo com maior qualidade clique AQUI.

A seguir o que mais me impressionou.
História by sedentário:
Susan Boyle é uma inglesa tímida de 47 anos, nem um pouco bonita, solitária (vive com o seu gato Peppers) e que nunca foi beijada.
Achou que sabia cantar, criou coragem e se inscreveu para participar do “Britain’s got talent”, um programa estilo “Ídolos”, da TV inglesa. A canção escolhida foi “I dreamed a dream”, do musical “Les miserables”.

Antes de começar a interpretar “I dreamed a dream” no palco, Susan Boyle se vê obrigada a responder algumas perguntas de Simon Cowell, um dos jurados e conhecido por maltratar aspirantes a celebridade no programa “American Idol”.

A cada resposta que dava a Simon, ao falar um pouco de si e dos seus sonhos, com mais certeza o público ficava de que estavam diante de um grande mico, e muitos risadas iriam soltar.

Susan então finalmente começa a cantar e ao término de sua apresentação ninguém da um único riso.

Clique AQUI para ver o vídeo no youtube e com legendas, já que a incorporação foi desativada.


PS: Esses 3 casos ocorreram no Britain's got talent, o "Ídolos" da TV inglesa.
PS2: O mais legal dos 3 vídeos é ver a cara do Simon durante as apresentações.
PS3: Já tinha postado algo parecido aqui, só que no Ídolos brasileiro, com a deficiente visual Karine Rodrigues. Confira AQUI, se quiser.

3 comentários:

Gabriella disse...

Pois eh neh, nada d julgar pela casca... Mto massa, me arrepiei todinha nos 3 videos... =D

Negao_DB disse...

Puitz... pra até gabi comentar, o post foi bom mesmo.
heheheheheheh

mas realmente, esses vídeos deixam essa lição pra nós!!!

Anderson disse...

Superação!!!


Related Posts with Thumbnails