sexta-feira, 12 de outubro de 2007


Conto: Sem Titulo - Liberdade , Parte 1


Liberdade, Parte 1

A imortalidade é uma dádiva! Mas, rápido como um raio que despenca das nuvens, vem a tornar-se uma maldição. Hoje completo dois séculos neste ingrato castigo. Tenho as mãos amaradas às mais fortes correntes do reino; os olhos vendados com couro de minotauro e enormes botas de ferro nos pés. Às vezes sinto frio, minhas roupas já nem existem após tantas chicotadas.

Soa suavemente irônico que o mago mais poderoso do continente pudesse ser aprisionado por uma simples câmara sem mana. E, pra ser sincero, essa hipótese não faz sentido algum. Tive muito tempo pra meditar sobre minha vida, meus erros, meus inimigos; sei, com completa convicção, que a única entidade capaz de produzir tamanha tortura física e psicológica é você.

Creio que minha torre e minhas terras já tem outros donos, não é? Que minha família e minha esposa já devem ter sucumbido perante o tempo, que é implacável. E que minha vasta coleção de livros de magias secretas devem enriquecer as vastas bibliotecas ocultas da torre de Magincian. Viver não tem mais nenhum sentido pra mim.

- Então, DIGA O PORQUE DESTA VISITA! AINDA NÃO ESTÁS CONTENTE EM ME CAUSAR TAMANHA DOR?

"Sua pena já foi paga, criança. Suas blasfêmias inpensadas já foram esquecidas. Trago-lhe poucas palavras:"

"Preciso que faça um serviço pra mim. Como pagamento, todos os seus pertences de antes da prisão, inclusive sua família."

"Os detalhes estão inscritos nesta parede; lê-la, implica aceitá-la. Recusá-la, implica ... ah... você precisa de mais duzentos anos pra pensar?"

"Tenho coisas mais significantes para tratar..."

A presença divina esvai-se repentinamente.


O que é isso? sinto meu corpo cheio de quinta essência. sinto a magia de volta à masmorra. Agora posso - finalmente - me libertar. mas... a que preço?


Continua ............

----------------------------------------------------------
Valews TITIO!!! valews pelas dicas, grande mestre!
o conto ocorre num cenário medieval mantido por mim e Buda, onde mestramos todas nossas aventuras! =) hehehhe, ae Magincia jah tah lah mesmo!

no mais.... o q acharam?? merece continuacao?

6 comentários:

anderson disse...

tipo....não entendi 100% o final mais quero saber mais =)

negao disse...

¬¬

Pedro Paulo disse...

cara essa foi pronfundo...
quase morgo, mas ao final entendo...
muito bom mesmo
gostaria d conhcer a continuação ;)

RUI ARAUJO JUNIOR disse...

... continua ae!

:O

RUI ARAUJO JUNIOR disse...

oxent...
eh jeska
=]
varei:P

Jéssicka disse...

eu =F

kaoskoakso


Related Posts with Thumbnails